Evitar Assaduras em Recém Nascidos e Tratamentos

Aprenderemos o que é, e como identificar uma assadura em um recém nascido, quais são os sintomas, o que deve ser feito, quais os tratamentos, o que é uma crosta láctea e quais seus tratamentos, e mais....

ASSADURA RECÉM NASCIDO

A umidade constante e alguns agentes irritantes podem inflamar a pele na região das nádegas, coxas e genitais do bebê e causar assadura. Esses agentes são basicamente resíduos das fezes ou do sabão ou detergente usado para lavar as fraldas, se elas não tiverem sido bem enxaguadas.

A maioria dos bebês tem assadura em algum momento. O melhor meio de evitar o problema é trocar imediatamente as fraldas molhadas ou sujas de fezes.

Quais são os Sintomas ?

A pele na área coberta pela fralda torna-se vermelha, manchada, sensível e úmida. A gravidade da assadura é variável e pode parecer alarmante, especialmente para pais de primeiro filho.

O que Deve ser Feito ?

A assadura é geralmente um problema que os pais podem tratar sozinhos. Em alguns casos, contudo, a pele inflamada fica infectada com o fungo chamado cândida e será necessário um tratamento com uma pomada ou creme antifúngico.

O médico deverá ser consultado se a assadura não melhorar rapidamente com o tratamento descrito abaixo.

Qual é o Tratamento ?

O primeiro e mais importante passo é trocar imediatamente as fraldas quando estiverem sujas com fezes. Se são usadas fraldas de pano, elas devem ser enxaguadas várias vezes para remover todo o sabão ou detergente.

Deve-se saber que os amaciantes de roupa podem causar reações cutâneas na área coberta pela fralda. As calças de plástico geralmente não têm nenhuma relação com as assaduras, mas, se as fraldas não forem trocadas com a freqüência necessária, as calças impermeáveis manterão umidade na região da assadura, podendo agravá-la.

Há vários tratamentos para a assadura. Um deles consiste em expor as nádegas do bebê a uma atmosfera quente e seca. Tira-se a fralda do bebê e ele é deitado de bruços, com a face voltada para um lado, sobre toalhas macias cobrindo um lençol impermeável.

As fezes e a urina produzidas devem ser limpas imediatamente e a assadura deve ser lavada com água quente e sabonete neutro. As toalhas devem ser trocadas, se necessário. Depois disso, seca-se a área afetada pressionando de leve uma tolha macia e polvilha-se ligeiramente a assadura com um talco sem perfume.

Pode ser mais prático comprar numa farmácia um creme ou pomada de venda liberada sem receita, que ajuda a aliviar a assadura. Para assaduras leves, recomenda-se um creme que contenha óxido de zinco e óleo mineral. Ele deve ser passado imediatamente depois de limpar a área afetada.

Uma bola de algodão embebida em óleo mineral pode ser usada para limpar delicadamente a área suja de fezes. Em seguida, o creme deve ser reaplicado.

Se a assadura for grave ou persistir, é necessário consultar um médico, que poderá fornecer uma orientação prática mais detalhada e receitar uma pomada para acelerar a cura.

CROSTA LÁCTEA

Este quadro cutâneo comum ocorre nos primeiros 2 anos de vida e, em especial, entre o terceiro e o sexto mês de idade. A crosta láctea, que surge no couro cabeludo do bebê, é a forma mais freqüente de eczema seborréico, que também pode aparecer na face, nas dobras do pescoço, nas axilas e na virilha.

No início, escamas finas e ressecadas aparecem no couro cabeludo. Em seguida, essas escamas são substituídas por placas amarelas, gordurosas e escamosas, que às vezes se estendem até as sobrancelhas e a parte posterior das orelhas.

No eczema seborréico da face, há pequenos nódulos vermelhos e espinhas, que se tornam mais avermelhados quando o bebê chora, toma banho ou sua temperatura se eleva. Nas outras partes do corpo, o eczema apresenta placas vermelhas e levemente escamosas.

O eczema não incomoda o bebê e não tem efeito sobre sua saúde geral. Em casos raros, ele pode infeccionar; para prevenir essa complicação, os pais devem sempre manter limpa a cabeça do bebê. Quando infectadas, as placas amolecem, havendo exsudação de um pus amarelado.

Qual é o Tratamento ?

Deve-se perguntar ao médico se há necessidade de utilizar um óleo para bebês ou uma pomada.É necessário manter limpas e secas as áreas afetadas, lavando-as com água e sabão e secando-as cuidadosamente.

Caso a aparência da crosta láctea seja desagradável, deve-se esfregar delicadamente as escamas com um óleo para bebês sem perfume e, então, pentear o cabelo com um pente fino. Isso soltará as escamas, que cairão quando o cabelo for lavado. Para as outras áreas afetadas, limpar com um creme ou uma loção suave e delicada poderá ajudar.

Os pais devem conversar com o médico se a erupção cutânea piorar ou causar coceira ou incômodo, pois poderá ter se desenvolvido uma infecção, o que exige atenção imediata.


Uma Resposta a Evitar Assaduras em Recém Nascidos e Tratamentos

  1.  
    Crispink9 02 / 02 / 2012

    adorei estas recomendações vou imediatamente cuidar do meu bebê.obrigada.
    cris/joão pessoa/pb

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>