Tutorial Access – Como criar banco de dados e tabelas

[B]Como criar um Banco de Dados no Access [/B]

O Banco de Dados funciona através de registros que são armazenados em tabelas que são
referenciados por chaves estrangeiras e identificados por chaves primárias. Para montar um
Banco de Dados devemos definir as tabelas que o constituem.

[B]Criando Tabelas [/B]

As tabelas no Access são criadas através das seguintes interfaces:

• MODO ESTRUTURA
– Coluna Nome dos Campos
– Coluna Tipo de Dados
– Coluna Descrição
– Propriedades do Campo
• MODO FOLHA DE DADOS
• Importação de Tabelas
• Vinculação de Tabelas
• Assistente

Nesta apostila vamos ver somente os passos para criar uma tabela pelo “modo estrutura”.

Para criar uma nova tabela no banco clique em inserir -> tabela, escolha a opção “Modo
Estrutura”, e aparecerá a seguinte tela.

10/03/2006 http://www.fcc.univap.br/~valdir ou http://www1.univap.br/~valdirgp
e-mail: valdirgp@univap.br 1 Programação III (U483003) – Ciências da Computação – Prof. Valdir Gil Pillat

Coluna Nome dos Campos
Nesta coluna você começa a dar nomes aos campos que farão parte da tabela. Os nomes de
Campos podem ter até 64 caracteres, desde que o primeiro seja uma letra do alfabeto,
podendo ser usado ainda os caracteres, sublinhado ( _ ) e espaço em branco.

Nota: Tenha cuidado quando da definição de nomes de campos pois usar acentos, cedilha
e outros tipos de caracteres especiais, requer do usuário atenção especial, quando precisar
se referir a estes nomes em outros objetos do Banco de Dados, como Consultas,
Formulários, Relatórios, Macros, e Procedimentos e/ou Funções.

Ao se referir a campos de tabelas em outros objetos, se o nome do campo contiver um
espaço em branco, você deve se referir a este campo usando os colchetes, como por
exemplo, [Codigo do Cliente].

Coluna Tipo de Dados
Especifica o tipo de dados armazenados em um campo de tabela. Os tipos de dados no
Microsoft Access 2.0 são:
Texto (Padrão) Um texto consistindo de até 255 caracteres ou o comprimento definido
pela propriedade TamanhoDoCampo o que for menor. O valor padrão para este tipo de
dados é 50 caracteres.
Memorando Um texto com um comprimento máximo de 64 Kbytes. Os campos
Memorando não podem ser indexados.
Número Qualquer tipo numérico. Consulte a propriedade TamanhoDoCampo para
obter maiores informações.
Data/Hora Os valores da data e hora para os anos de 100 a 9999.
Moeda Fornece uma precisão de até 15 dígitos no lado esquerdo do ponto decimal e 4
dígitos no lado direito.
Contador Um número que será automaticamente incrementado pelo Microsoft Access
sempre que um novo registro for adicionado a uma tabela. Os campos “Contador” não
podem ser atualizados.

Nota: Quando o usuário exclui registros, o campo contador não reaproveita os números
que foram excluídos. Se o usuário incluiu 10 registros numa tabela, o Contador inclui
automaticamente números de 1 a 10, logo a seguir o usuário resolveu excluir três registros,
ou seja, excluir os registros 7, 8 e 9, Ao incluir mais um registros o contador passa a
incrementar a partir do número 11, ele guarda o último número que foi incluído na tabela.

Sim/Não Os valores “Sim” e “Não” à campos que contenham somente um de dois
valores. Os campos “Sim/Não” não podem ser indexados.
Objeto OLE Um objeto, como uma planilha do Microsoft Excel ou um gráfico do
Microsoft Draw criado por um aplicativo objeto. O tamanho máximo é aproximadamente 1
gigabyte. Os campos Objeto OLE não podem ser indexados.

Deve-se especificar o tipo de dados armazenado em cada campo de uma tabela. Cada
campo armazena somente um tipo de dados.
10/03/2006 http://www.fcc.univap.br/~valdir ou http://www1.univap.br/~valdirgp
e-mail: valdirgp@univap.br 2 Programação III (U483003) – Ciências da Computação – Prof. Valdir Gil Pillat
Nota Quando você altera um tipo de dados de campo depois de inserir os dados em uma
tabela, o processo de conversão de dados será bem mais demorado quando a tabela for
salva. Se os tipos de dados forem conflitantes, poderá ocorrer uma perda de dados.
Coluna Descrição
Texto a ser colocado para efeitos de documentação da própria tabela. Pode ser um texto
com um comprimento máximo de 255 caracteres. Você deve utilizar esta coluna para
fornecer informações sobre a tabela e seus campos.
O texto colocado na coluna Descrição deverá aparecer na barra de status inferior da janela
do Microsoft Access.
A medida que você começa a definir os campos, aparece na parte inferior da janela um
conjunto de propriedades, que varia de acordo com o tipo de dado do campo (Acc20, 2005).

9.1.1 Chave Primária

Uma tabela pode ter apenas uma chave primária que pode ser composta de um ou mais
campos da tabela. As funções da chave primária são: manter a integridade da tabela, ou
seja, não adicionar registros repetidos na tabela; referência para chamar um registro em
outra tabela (relacionamento).

9.2 RELACIONAMENTOS ENTRE TABELAS (chave estrangeira)

Por ser um banco de dados totalmente relacional, o Microsoft Access tem uma forma toda
especial de definir os seus relacionamentos. Depois que você cria as tabelas e define chaves
primárias para essas tabelas, você tem todas as condições de definir a forma como essas
tabelas se relacionam. Um relacionamento ajuda o Microsoft Access a associar os dados em
uma consulta, formulário ou relatório que utilize várias tabelas.

No Microsoft Access você pode criar dois tipos de relacionamentos: O relacionamento Um-
para-Um e o relacionamento Um-para-vários. A forma mais comum de relacionamentos é
Um-para-vários, onde um registro numa tabela pode ter vários registros na tabela
relacionada.
Um exemplo muito simples é o de Nota Fiscal, onde você tem uma parte principal e
vinculados a ela vários itens. Outro exemplo é o de Clientes e Pedidos, onde um cliente
pode fazer vários pedidos. No caso do banco de dados SWEET, um registro da tabela
Clientes (tabela primária) pode ter muitos registros coincidentes numa tabela Pedidos
(tabela relacionada).

Faça o primeiro comentário a "Tutorial Access – Como criar banco de dados e tabelas"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*


 

Tutorial Access - Como criar banco de dados e tabelas - TutorZone