Tutorial Foi banido da live? não tem problema solução aki

CONFIGURAR O XLINK KAI PARA O XBOX 360....

A maior dificuldade que o XLINK KAI impõe aos seus usuários é a configuração. Mas no caso do XBOX 360 ele “herda” muito do que já havia sido criado para o seu antecessor nesta rede e com isso o trabalho de configuração fica mais facilitado.

Talvez muitas das etapas descritas possam ser eliminadas posteriormente, mas para tornar o guia o mais amplo possível, elas serão descritas e assinaladas quando houver necessidade.

O que você vai precisar:

PC (com Windows, Linux ou MAC);
XBOX 360;
Conexão de rede entre os dois.

A conexão de rede pode ser direta, por hub/switch ou roteador. A última costuma em implicar no maior grau de dificuldade, já que algumas configurações dos roteadores podem impedir o bom funcionamento da rede, tais como bloqueios de portas, DHCP, etc. Neste caso se enquadram os Modems/Routers que precisarão seguir as mesmas recomendações.

INSTALANDO E CONFIGURANDO O SOFTWARE NO COMPUTADOR

Baixe a versão apropriada para o seu computador no site do XLINK KAI (http://www.teamxlink.co.uk/) e aproveite para criar, caso ainda não seja registrado, a sua XTAG que será o seu login na rede e como nos encontraremos lá!

Os exemplos seguintes serão demonstrados na plataforma Windows e em breve atualizarei o guia com as configurações para o MACOS X.

Execute o programa baixado anteriormente para instalar o KAI no seu computador. Quando da criação deste guia, a versão para Windows mais recente era a 7.1.7.7.

Concluída a instalação vamos configurar o programa. Vá em INICIAR > PROGRAMAS > XLINK KAI EVOLUTION VII e execute o programa Start Kai Config. Uma janela como essa será exibida:

Não é regra, mas o firewall do seu computador poderá emitir uma notificação ao rodar o programa, libere-o para prosseguirmos.

Podemos aproveitar a imagem para definir algumas configurações. Em Configuration Items fazemos as seguintes alterações:

KAI PORT: 37501
KAI DEEP PORT: 0

Ative as opções:

Enable PAT, Launch UI e Launch Engine.

Desative as opções:

Xbox HomeBrew e Follow PSP SSID

No menu pulldown de Network Adapter selecione a sua placa de rede que faz comunicação com a Internet. Configure a sua XTAG e se quiser já deixe salva a sua senha para o programa logar automaticamente na rede.

Nos dos menus pulldown inferiores faça as seleções :

Close Engine After: Never
Accept UI Connections From: Any IP Address

Tudo configurado, clique no OK para encerrar as configurações.

Até aqui tudo simples, fácil basta fazer uma escolha de porta aqui, uma seleção de placa de rede acolá, e cadê a dificuldade? Bem o maior problema acontece quando existe a necessidade de se fazer um port-forwarding. Quem compartilha a Internet com roteador vai ter que liberar pelo menos a porta citada no roteador. Para quem usa firewall,mesmo o do Windows, é importante ter a porta TCP 57500 e TCP 57001 liberadas.

Alguns exemplos de liberação de porta:

WINDOWS:

Abra o firewall do Windows e na aba EXCEÇÕES, clique em ADICIONAR PORTA. Entre com um nome para identificar a regra no firewall (KAI PORTA1, etc) e entre com o valor que configuramos anteriormente, 37501. Repita o procedimento para a porta 37500. Terminado , clique em OK duas vezes para finalizar a inserção das portas. Veremos mais adiante que outras portas podem ser usadas e o procedimento é o mesmo para todas elas.

ROTEADORES DLINK

Por razões de disponibilidade mostro como liberar uma porta (ou uma gama delas) no roteador DLINK. Como em outros modelos (Linksys, etc) o procedimento é bem parecido, esse fica como exemplo.

Na aba ADVANCED, selecione Applications nos botões à esquerda. Inclua uma nova regra ativando o botão Enable e entre com os dados:

Name (nome para identificar a regra): KAI REGRA1 (no exemplo KAI MAC)
Trigger Port (porta que ativará o uso da regra): 37500 â€â€œ 37501 (no caso aqui está definindo um intervalo de portas que ativarão o uso desta regra no firewall integrado do router)
Trigger Type (se a porta ativa é TCP/UDP ou as duas): BOTH
Public Port (porta que será vista por fora da sua rede): 37500-37501 (aqui é importante dizer que os números entrados não possuem um espaço entre eles e o sinal de “-”. Isso acontece porque nesse campo é possível definir mais portas, separando elas ou outros intervalos, por vírgulas.
Pubic Type (qual é o tipo de porta para fora de sua rede): BOTH

Uma outra seqüência de portas pode ser definida porque podem ser úteis, não são necessárias no momento mas fica a dica para caso a conexão não funcione.

Outra dica que posso passar nesse momento vem dos meus tempos de testes do GT4 via KAI no PS2 é o bloqueio do MAC ADDRESS do X360, evitando que ele seja influenciado pela função de DHCP do roteador. Essa é uma dica que deve ser testada individualmente. Em testes realizados não houve sequer problemas com o DHCP ou com o bloqueio do MAC ADDRESS.

A regra é bem simples, ativar os filtros por MAC ADDRESS e DENY (proibir) que ele tenham acesso à internet. Isso também é uma segurança adicional contra um acesso acidental na XBOX Live para o pessoal que está evitando o banimento pela Microsoft.

Relembro que essas configurações são as mais específicas para quem está numa rede atrás de um roteador. As conexões diretas com o XBOX 360 num computador (via ICS â€â€œ Internet Connection Sharing) são bem mais simples e também muito utilizadas. Nesse caso recaímos na necessidade de liberar a(s) porta(s) em uso no firewall instalado no sistema.

Com a parte mais chata configurada, precisamos preparar o XBOX 360. Lá a configuração é mais fácil.

CONFIGURANDO O XBOX 360

Bem, se o seu XBOX 360 já entrou na XBOX Live alguma vez, já deve existir uma configuração de rede pronta nele. Antes de alterar alguma coisa você pode tentar entrar no KAI com essas configurações. Se for automática, é importante revisar se você aplicou o filtro de MAC ADDRESS citado acima. Com ele a configuração automática não funciona.

As configurações de rede ficam na aba SISTEMA na Dashboard. Lá temos a opção de Editar Configurações. A maioria dos usuários deve usar as redes do tipo 192.168.0.x, 192.168.1.x e 10.0.0.x, façam as alterações de acordo com a configuração do IP do seu computador para que ambos consigam se “enxergar” na rede.

Um bom teste é tentar fazer um PING do computador para o XBOX, porém o console só conseguirá responder aos testes de ping se você ativar o teste de configuração dele. Tem que ser algo meio sincronizado entre disparar o comando PING x.x.x.x no computador e ativar o teste no console, mas vale à pena.

EXECUTANDO O XLINK KAI NO SEU COMPUTADOR

Agora é a hora da verdade. Vá em INICIAR > PROGRAMAS > XLINK KAI EVOLUTION VII e execute o START KAI:

Tela inicial:

Tela principal do programa:

Nessa tela principal, temos os contatos (XTAGs) que já adicionamos e ela funciona como um Messenger. Como ainda estamos na fase de configuração vamos direto ao que nos interessa: verificar se existe uma conexão entre o computador e o console.

Clique na lupa lá no alto a direita, e o modo de diagnóstico é exibido:

Algumas das informações não são tão relevantes no momento mas uma é bastante importante, se você está conectável pela internet. Ela pode ser verifica na segunda parte da janela de diagnósticos:

Neste trecho podemos verificar nosso IP, a porta em uso (configurada anteriormente) e se a rede KAI está ao alcance. Aqui mostra que sim (NETWORK REACHABLE: YES). Se estivesse em NOT YET, basta aguardar um pouco ou tentar navegar nas ARENAS para jogos que ele muda o status. Se não mudar provavelmente teremos que acertar algo no firewall ou roteadores para liberar a porta configurada.

Para checar se o console está corretamente configurado devemos clicar no ícone de uma pasta na parte superior direita do menu do KAI, chamado de Switch Diagnostics View. Lá temos a lista dos consoles conectados.

Se essa tela estiver assim depois que você ligar o seu XBOX 360 é que algo de errado ocorreu e não existe uma comunicação entre ele e o computador. Ao ligar o console a tela que deve ser exibida é essa:

Pronto, agora é só escolher um game e jogar!Fácil assim? Bem, vamos demonstrar como criar uma sala ou entrar numa.

CRIANDO OU ENTRANDO NUMA ARENA NO XLINK KAI

Você pode entrar em arenas de jogos já criadas ou criar uma sua para que seus amigos ou ilustres desconhecidos entrem. Para entrar numa arena precisamos primeiro clicar no ícone do globo terrestre no alto do menu do XLINK KAI.

Nesta janela devemos selecionar a ARENA do XBOX 360 clicando na seta verde a direita do nome do console. A estrela serve para adicionar as arenas como suas arenas favoritas, servindo de atalho. Em seguida as arenas são subdividas em tipos de jogos. Escolha o seu favorito e clique novamente na seta verde à direita do nome. Finalmente são exibidos os nomes dos jogos já testados e suportados pela rede do XLINK KAI.

Com os jogos disponíveis escolha o que vai jogar entre na arena. Lá são exibidos os nomes de quem está jogando e quais são as arenas disponíveis. Você pode entrar numa arena ou criar a sua. Para entrar numa arena basta clicar na seta verde ao lado do nome dela. Se existir um cadeado no ícone da arena é que ela precisa de senha para ser acessada. É uma arena privada.

Quando você entra numa arena você deve indicar o seu status. Na parte inferior da janela aparecem opções para você definir se está entrando para tentar jogar (trying to join), se vai ser o host de um jogo (Yes, I´m hosting now) ou se seu Console vai ser HOST dedicado. Também é possível indicar o número de pessoas na arena.

Dentro da arena você deve conversar com as pessoas e ver quem será o HOST do jogo etc. Lembre se de uma coisa muito importante os jogos para funcionarem bem tem que ter entre os integrantes da partida/arena um ping de no máximo 30ms. Esse valor é exibido nas características de cada um dos jogadores de uma arena. No exemplo a seguir os pings estão muito altos. É importante tentar jogar com pessoas pelo menos do seu país para manter o ping baixo.

Para criar uma arena dentro de um jogo temos que selecionar o ícone do globo terrestre com o cabo conectado nele na segunda linha de ícones do menu do KAI. Sua arena pode ser pública para qualquer um entrar ou privada â€â€œ com ou sem senha(muito útil quando você quer testar ou já tem os seus amigos para jogar). Depois de criada, você atribui se será HOST ou não e pronto. No XBOX você deve sempre optar pelas opções de SYSTEMLINK nos jogos para jogar.

Pessoal, isso é uma visão básica das funções do KAI. Muito pode ser descoberto só de clicar nas funções, mas o mais importante é que quanto mais gente, mais jogos serão disponibilizados na rede e maiores as chances de encontrar alguém com ping baixo para jogar.

6 Respostas a Tutorial Foi banido da live? não tem problema solução aki

  1.  
    CYSERO 02 / 02 / 2012

    Tenho uma forma bem mas rápida de não ser banido da live, é muito simples, funciona 100% você nunca é descoberto! sabe como? não jogue online não entre na live quer jogar online? chame um amigo ou seu irmão e jogue com ele no modo 2 pessoal ou compre um kinect e jogo com 2 ,3,4,5 sei lá, isso e uma forma de não ser banido. bom, esse é meu comentário. xau pessoal (PARA DE FALAR DE BAN VOCÊS VÃO SER BANIDOS PORQUE A LIVE ENVIA CADA DIA MAS BANS AUHSAHUSUA) NÃO LEVE A SERIO.

  2.  
    Tiagosantista12 06 / 02 / 2012

    Eu preciso mesmo ler tudo isso? não tem outro jeito, mais fácil?

  3.  
    Vinisamuca 07 / 02 / 2012

    Se eu ja fui banido vai funcionar igual ?

  4.  
    Hrenbv 16 / 02 / 2012

    Compra jogo original que não tem bani! jpa comprei 37 jogos pro xbox tudo original.

  5.  
    ISRAEL DOMINGUES DE LIMA 27 / 02 / 2012

    AMIGO O LINK PARA DOWNLOAD DO PROGRAMA NÃO FUNCIONA, SERÁ QUE POSSO ACHA-LO NO 4SHARED?

  6.  
    rodrigo jaconiano 06 / 05 / 2012

    então,eu to ogando online,com atualização feita mesmo com xbox destravado,nos jogos falsos,fas mais de 3 meses,eu n sou banido pq?
    SORTE OU BUG?

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>