Tutorial Ganhar dinheiro na internet

1.) Ganhar dinheiro diretamente com internet nunca foi muito fácil, nem nos tempos da Bolha. Colocar banners em sites também era visto como algo amador, em geral colocava-se um banner de uma empresa de um amigo, de graça, sonhando atrair anunciantes. QUANDO estes vinham, ninguém sabia quanto cobrar. O Google (sempre eles) mudou isso. Com o AdSense todo o trabalho foi tirado da mão do dono do site, a gente só tem que produzir conteúdo e ver o dinheiro pingar. Claro, se seu site tem uma enorme audiência e conteúdo de qualidade (não é o caso aqui) vai se surpreender.

Veja no resto da matéria como se associar ao AdSense e faturar uns caraminguás bem legais… Desmistificando Primeiro de tudo: Se você tem um site com oito visitas / mês falando de hábitos reprodutivos de microbactérias em vidros de remédio, esqueça. A relação clique / visita de um anúncio na web é baixa. Sejamos realistas, ninguém clica em anúncios. Só se o conteúdo for muito relevante, a fase da lua ajudar, o terceiro olho do usuário estiver alinhado com Meca, e for sexta-feira. Você não vai ficar rico com isso aqui, a não ser que seja o pessoal do Gizmodo, do Fark, do Slashdot. Fora isso, dá pra viver. Uma amiga tem um blog razoavelmente popular. Insisti para que ela colocasse o link do AdSense. Ela colocou um banner modesto. Resultado? Em 20 dias já tinha coberto o custo da hospedagem. SIMPLES ASSIM. Entendeu? O blog JÁ SE PAGA! E ela nem investe muito em atualização de conteúdo. Qual o segredo? Anúncios na web não são Campo dos Sonhos, não é “construa e eles virão”.

Você precisa de duas coisas para ganhar uns trocados com o Google:

1. Conteúdo Especializado

2. Anúncios pertinentes

Vamos estudá-los: Conteúdo Especializado Só isso. Simples, não? Não. Não é simples. Um blog genérico como este aqui atrái gente de tudo que é tipo, mas tem pouco retorno. Ninguém volta pra ver o que há de novo, uma notícia pode ser muito interessante para alguém, mas se é só uma entre 15 desinteressantes, não há motivo para guardar o link do site. Escolha um tema, trabalhe em cima dele, crie conteúdo ao invés de ficar repassando notícias de terceiros o tempo todo. Construa uma audiência qualificada. ISSO garante retorno. No tema, lembre-se que você pode almejar Fortuna e Glória (tm Indiana Jones) mas só terá os dois se a sua platéia tiver um pouquinho de Dim-Dim, do contrário fica-se só com a Glória, o que não ajuda quando o Seu Barriga vem cobrar o aluguel no final do mês. Sites como o Cocadaboa e o Morroida, com visitações altíssimas não conseguem grandes coisas em publicidade, justamente por falarem para um público que vive de mesada. Review de Jatinhos Executivos também não é um bom tema. Por mais que seja uma audiência qualificada e com bala na agulha, não é exatamente um Maracanã. Ache um meio-termo, algeme-se a ele e não desvie, por mais que seja tentador. Isso aumentará muito a relação clique/visita. Anúncios Pertinentes No tempo em que os banners eram manuais, pouco importava o quê havia na página, de onde o usuário vinha, sequer o idioma utilizado. Um sujeito na Miserábia Setentrional usando um link TCP/IP via pombos-correio veria os mesmos banners da Madonna acessando de New York. Isso significava que pra 90% do público, seu banner era apenas lixo. O Google modificou isso. O AdSense não só analisa o conteúdo da sua página (dinamicamente) como ainda analisa a origem do visitante. Uma página falando sobre Palms irá mostrar um anúncio relacionado a PDAs, bem como, se possível, um anúncio relacionado geograficamente com o visitante. Outro dia estava em Campinas, entrei no meu site do micro de um amigo. Não só apareceram anúncios relevantes, como vários anúncios de empresas da região. ISSO é diferenciação. Modus Operandi O conceito do AdSense é tornar o anúncio parte pouco saliente de seu site. Os anúncios de texto (meus preferidos) são pequenos, não levam horas para baixar e não são intrusivos. O Google fez uma excelente escolha ao não utilizar Flash e outras porqueiras que só servem para desviar sua atenção. Aqueles horríveis POP-UP também não são kosher para o Google. MUITO MENOS DHTMLs que abrem imagens na sua cara, tampam o conteúdo e exigem cliques. No site do AdSense existe um monte de exemplos de posicionamento de anúncios. É possível alterar detalhes como cor, borda, fundo e compatibilizar o anúncio com seu site. É possível filtrar empresas concorrentes, escolher linguagem, tudo. Os passos para se associar ao AdSense e colocá-lo funcionando são simples: 1 – Preencher o Cadastro, indicando seu site 2 – Aguardar aprovação do site (alguns conteúdos não são permitidos) 3 – Configurar cores, escolher formatos e copiar o HTML fornecido 4 – Colocar o código no seu site, na posição escolhida 5 – Acompanhar os relatórios quase real-time de cliques O Google envia o dinheiro em cheques para o mundo inteiro. O volume inicial é de US$100, mas você pode pedir que o dinheiro seja retido até alcançar quantia maior. Isso é útil no Brasil, descontar cheques em dólar é bem caro aqui. Sua única obrigação como mídia é evitar conteúdo questionável, proibido ou de baixo nível. Do contrário só verá anúncios institucionais que não rendem nada. Se quer um exemplo, clique nas minhas páginas de conteúdo questionável, proibido ou de baixo nível. Inscrição A inscrição do AdSense é gratuita, pode ser feita através de um banner de indicação. Para saber mais, se inscrever e começar a faturar uns caraminguás. clique no botão “Este site é Rentabilizado pelo AdSense”, no canto inferior esquerdo desta página, junto dos contadores, lá no finzinho. Por: http://www.carloscardoso.com/?p=158 Afiliados sites: Mercado Livre O Mercado Livre paga R$ 7,00 para cada usuário novo que se cadastrar no site deles e der um lance em algum produto, também paga 30% da comissão cobrada para cada venda realizada através do seu site. Procure usar as vitrines e galerias do Mercado Livre, elas tem melhor resposta que os banners, procure também colocar material relacionado ao seu site ou que seja de interesse das pessoas o visitam É necessário acumular no mínimo R$ 30,00 para ser pago, desse valor ainda serão descontados os impostos e tarifas administrativas, exceto se você se cadastrar no programa Mercado Sócios como empresa (necessário emitir nota fiscal de serviços), nesse caso o único desconto é 1,5% de IRRF. Caso você não possua empresa aberta é necessário possuir cadastro no INSS, pois a legislação obriga o recolhimento de INSS para autônomos (dos sites aqui listados o único que segue a legislação à risca é o Mercado Livre), muitas pessoas reclamam que são lesadas por não receber do Mercado Livre, quando na verdade apenas se cadastraram de forma irregular. Fique atento e não perca essa oportunidade. Google Adsense: Mostre anúncios do Google e receba por clique, geralmente os anúncios tem relação com o conteúdo da página o que gera uma boa taxa de cliques e consequentemente um bom retorno financeiro: Riqueza O Riqueza é um sistema que vende produtos de diversos anunciantes. Colocando os anúncios no seu site você pode ganhar comissões fixas de R$ 10,00 e R$ 15,00 ou comissões de 10%, dependendo do anunciante. Todos os sitemas que testei de comissões por vendas obrigavam a acumular um valor alto para que o pagamento fosse efetuado, o que era muito difícil, com o Riqueza posso receber o pagamento acumulado de todos os anunciantes, ficando muito mais fácil atingir os R$ 50,00 mínimos. Programa de Afiliados da INVESTLOTO Efetue seu cadastro e coloque um ou mais BANNERS da INVESTLOTO em seu site, e a cada COMPRA DE CRÉDITO efetuada por um cliente que se cadastrou na INVESTLOTO, vindo do seu site, você receberá uma comissão de 10% sobre o valor da compra. Agora, se após cadastrado você convidar outros amigos/empresas a fazer o mesmo, e este(s) aceitar(em) o(s) convite(s), você terá um acréscimo de 5% sobre as vendas provenientes d
esse(s) amigo(s)/empresas. Não perca tempo, cadastre-se já!

Faça o primeiro comentário a "Tutorial Ganhar dinheiro na internet"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*


 

Tutorial Ganhar dinheiro na internet - TutorZone