Tutorial Linux – IPTables

Dicas – IPTables <!– ———–Begin———– –>

P: Como redireciono o tráfego de toda uma porta para um servidor meu?

        R: Esta pergutna é muito

importante

      . Suponhamos que você queira redirecionar o tráfego de envio de e-mails de toda a sua rede para um servidor de preferência, como por exemplo, um servidor interno que você tenha. Assim, ao invés de os usuários da sua rede utilizarem outro servidor SMTP, serão obrigados a sempre usar o servidor SMTP que você escolher. Para isso, necessita-se da seguinte linha no IPTables:
iptables -t nat -A PREROUTING -p tcp --dport 25 -j REDIRECT --to-port 25
(Se o seu servidor SMTP for na própria máquina do filtro IPTables)

iptables -t nat -A PREROUTING -p tcp --dport 25 -j DNAT --to 192.168.0.2:25
(Caso seu servidor SMTP seja o 192.168.0.2, na porta 25)

iptables -t nat -A PREROUTING -p tcp --dport 25 -j DNAT --to 256.103.245.3:25
(Caso você queira redirecionar para apenas o SMTP do seu provedor, substituindo o
 256.103.245.3 pelo IP do servidor SMTP do seu provedor)

E por aí vai. Qualquer endereço, seja qualquer for ele, que o destino seja a porta 25, o filtro irá redicionar a conexão  para onde quiser. Assim você pode evitar problemas de uma migração por exemplo, ou obrigar os usuários da sua rede ou de seu provedor a usarem o servidor SMTP especificado. Uma boa! 🙂

Lembrando que isso não serve apenas para SMTP, e sim qualquer porta. Este método também é muito usado para deixar o Squid como proxy transparente.

Faça o primeiro comentário a "Tutorial Linux – IPTables"

Comentar

O seu endereço de email não será publicado.


*